ADV_02
ADV_03
ADV_05
ADV_06
ADV_07
ADV_17
ADV_35
DSC_3502
DSC_3654_DIM

Ano: 2006

Localização: Porto Alegre – Rio Grande do Sul – Brasil

Área Total: 280m²

Projeto: ILLA + Nicolas Palermo

Execução da Obra: Efenge Engenharia

Equipe: Cláudia Titton, Mariana Hugo e Taís Lagranha

Créditos Fotográficos: Eduardo Liotti

A sede situada em edifício no centro de Porto Alegre tornou-se pequena para a equipe da Advocacia Fontana e a ampliação foi viabilizada pela aquisição de sala vizinha.

Para a nova área de 300m² foi desenvolvida a proposta focada na qualidade dos espaços, iluminação e conforto. Através de uma tipologia que privilegiou ambientes amplos, circulações confortáveis e integração visual. Foi melhorado o funcionamento geral do escritório.

A ressignificação arquitetônica e estratégica do escritório foi norteada pela preocupação de seu fundador com o crescimento e perpetuação da empresa, fundamentada nos princípios de sinergia, tecnologia, segurança, rapidez, melhor custo-benefício ao cliente e resultados.

A planta recebeu modulação evidenciada nas juntas do piso em concreto, que foi utilizada como referencial para o zoneamento e dimensionamento dos espaços, bem como para o design de mobiliário, desenvolvido exclusivamente para a Advocacia Fontana pelos arquitetos.

O espaço foi organizado em três partes distintas:

1. Área de Serviços (copa, sanitários, arquivos e recepção);

2. Área Administrativa (secretaria, assessoria e sala de exposições);

3. Área de Atendimento (gabinetes para atendimento personalizado)

Nesta configuração, as Salas dos Advogados ocupam posição periférica e são identificadas pelos painéis em madeira e pelas portas e bandeiras envidraçadas que proporcionam melhor iluminação e integração visual.

No núcleo da área administrativa está a Sala de Equipamentos, uma espécie de “caixa” cuja posição estratégica e central, uma subversão ao padrão usual nos escritórios de advocacia. Assim como a copa, com seu interior vermelho, em contraponto com os tons neutros do restante dos espaços.

Na Recepção, a grade metálica e o portão suspenso fazem diferentes composições e garantem a segurança. Assim como na Sala de Exposições, diversas configurações de layout são permitidas pela mobilidade das mesas sobre rodízios.

Nos sanitários, detalhes como a divisória que não toca o chão e os três pequenos orifícios perfurados na Caxambu, que fazem papel de ralo, chamam atenção.

A linguagem contemporânea do projeto foge dos padrões pré-definidos para escritórios de advocacia onde “o clássico” prevalece como forma de simbolizar sobriedade.  Através das linhas retas, desenhos puros, cores neutras, referências modernistas e texturas de materiais (madeira, vidro, aço, concreto), foi estabelecida a unidade do projeto e a identidade da empresa, que hoje conta com filiais em São Paulo e Santa Catarina, ambas desenvolvidas pela equipe ILLA.